10 razões que fizeram o SWU 2010 entrar para a (sua) história!

SWU Music & Arts Festival 2010: lembra como foi? Uma multidão de apaixonados por música juntos em uma fazenda, o clima de amizade no acampamento e, claro, as apresentações espalhadas em três palcos. Foram tantos momentos inesquecíveis que não dá para escolher só um, ou dois. Por isso, a gente fez uma lista das 10 coisas mais sensacionais que rolaram no SWU 2010 – festival que já entrou pra história! Será que esquecemos de alguma?

1 – Palco Oi Novo Som – O nome não é à toa. Nesse palco muita gente conheceu uma banda nova, um som diferente e viu apresentações que marcaram o cenário independente, como o do pernambucano Otto, considerado pela mídia especialista como um dos melhores do palco. Por lá passaram também Mombojó, Curumin, The Apples in Stereo, CSS (Cansei de ser sexy) e muito mais!

2 – Show do Rage Against the Machine – Primeira (e até agora única) vez da banda na América Latina, o RATM fez um show para fã nunca mais esquecer. A estrela vermelha, os primeiros acordes de “Testify” e pronto. Do início ao fim, o que se viu foi o público pulando e berrando as letras de protesto da banda.

3 – A pedrada do Queens of The Stone Age – Quem estava lá, lembra: uma música atrás da outra, sem firula, sem bate-papo desnecessário. Cru e direto, como uma boa banda de rock’n'roll. Josh Hommes emendou um hit no outro e fez um dos shows mais enérgicos do SWU 2010.

4 – Show do Linkin Park – Escolhidos para encerrar a primeira edição do SWU, o Linkin Park não decepcionou. Fez um set list repleto de sucessos, animando a multidão de fãs que se espremia nas grades. Os que ficaram para ver Chester Bennington de perto ainda tiveram a sorte de ver o vocalista se jogando na plateia durante “Breaking the Habit”.

5- Pixies comemorando os 20 anos do disco Doolittle - A apresentação do Pixies acabou fazendo parte da turnê extendida de comemoração de 20 anos do disco Doolittle (1989). Sorte dos fãs que, em cerca de 75 minutos de show, puderam ouvir de uma só vez os maiores sucessos, como “Debaser”, “Wave of Mutilation”, “Here Comes Your Man” e “Mr. Grieves”, todos do álbum em questão.

6- 72 horas “mergulhados” no festival – Dormir e acordar respirando música, conhecer gente de todos os cantos do país, ver um monte de show bacana na calmaria do interior e pode continuar a festa até “altas horas” no acampamento. Tudo isso, que antes era distante do público brasileiro, foi possível pela primeira vez com o SWU 2010, realizado na fazenda Maeda, em Itu, interior de São Paulo.

7 – As musas do line-up – O SWU 2010 acabou sendo um tanto mais feminino que a última edição. Foram mais shows de cantoras e bandas com garotas que encantaram quem gosta de música boa e beleza. Regina Spektor, Mallu Magalhães, Tulipa Ruiz, Luísa Maita e a musa Joss Stone deixaram o SWU um pouco mais memorável e bonito.

8 – DJ no palco principal – Lugar de DJ é na tenda eletrônica, certo? Não no SWU 2010! Na primeira edição do festival, o DJ holandês Tiësto, considerado um dos melhores do mundo, foi convidado a tocar em um dos palcos principais, logo após o show do Linkin Park.

9 – Intervenções ecológicas no festival – Além do Fórum Global de Sustentabilidade, o SWU também levou o assunto a quem esteve apenas na parte musical do festival. O público pode “enfrentar” um labirinto de lixo feito com fardos de diversos tipos de materiais recicláveis, como garrafas PET, papelão, alumínio, embalagens tetrapack e de plástico. Há também quem se divertiu e aprendeu mais sobre a flora e fauna brasileiras dentro de um ônibus que “simulava” uma floresta.

10 – Roda gigante movida a pedaladas – Com 18 metros de altura (dava para ver todo o SWU 2010 lá de cima!) e 16 cabines, a roda gigante do festival foi parcialmente abastecida com energia produzida pelo público! Era só chegar e pedalar uma das cinco bicicletas que foram adaptadas ao sistema. E quem topou participar ainda pode recarregar o celular enquanto pedalava.

(Caroll Almeida)

 

This entry was posted in Música. Bookmark the permalink.

19 comentários em 10 razões que fizeram o SWU 2010 entrar para a (sua) história!

  • Diego

    agosto 3, 2012

    Festival tem que rolar no Maeda de novo! O clima do local é demais, nem se compara com paulínea!

    Responder
  • Julliana

    agosto 3, 2012

    Um puta festival. Melhores bandas e viva a sustentabilidade e seus banhos de 7 minutos… ver Rage Against, Dave Matthews e presenciar o mais lindo pôr do sol da minha vida ao som de Sublime não tem preço.

    Responder
  • Maradei

    agosto 2, 2012

    foi muito loco !!! esse ano bora dinovo!!!

    Responder
  • raphael

    agosto 2, 2012

    linkin park…
    nossa ja fazem 2 anos, nem acredito que estive naquele dia onde foi tao irreal nao acreditei que estava vendo eles depois de 11 anos..as musicas me colocaram em um estado de extase total..

    Responder
  • mrrogens

    agosto 1, 2012

    a melhor coisa foi o show do cavalera conspiracy!
    showzaço ducaralho!

    Responder
  • Cleânia

    agosto 1, 2012

    Foi histórico, só bandas fodas em um lugar mais foda ainda. Melhor festival da minha vida!

    Responder
  • Beatriz

    agosto 1, 2012

    Tinha que rolar Gloria de novo…

    Responder

Deixe seu comentário