Rage Against the Machine

É a primeira vez que o grupo se apresenta no Brasil e também na América do Sul.

Uma das bandas com mais ativa comunidade de fãs, que arrasta multidões por onde passa, a RATM se apresenta no SWU como headliner no dia 9 de outubro. Os seguidores Sul-Americanos da banda ícone dos anos 90 aguardam a oportunidade de vê-los tocar ao vivo no continente desde 1992, quando o grupo estourou o hit “Killing in the Name”.

O RATM se separou em 2000 e surpreendeu o público quando voltou aos palcos depois de sete anos, em 2007, no festival Coachella, nos Estados Unidos.  Foram os headliners do evento americano, esgotando a venda de ingressos em tempo recorde na história do festival.

Formada por Zack de La Rocha, Tom Morello, Tim Commerford e Brad Wilk, a RATM é uma das bandas mais influentes dos anos 1990. Entre suas marcas, o estilo vocal único de Zack de La Rocha e as técnicas de Tom Morello, que sabe utilizar os efeitos da guitarra como poucos. O grupo é conhecido pelo caráter político e de protesto de suas músicas, marcadas pelo som pesado que mistura hip-hop, rock, funk, punk e heavy-metal.

A atitude do RATM se estende também à sua legião de fãs. No fim de 2009, 17 anos depois de seu lançamento, o hit “Killing in the Name” foi nº1 na parada de downloads no Reino Unido com mais de 500.000 downloads, graças a uma campanha feita no Facebook por fãs da banda para acabar com o monopólio de downloads de um programa de TV da região. A campanha deu enorme visibilidade à banda, sendo apoiada por artistas como Dave Grohl, The Prodigy e Paul McCartney.

Agora no SWU, eles prometem uma apresentação que vai entrar para a história.

Compartilhar