Protesto pede que governo priorize plano de mobilidade sustentável em São Paulo

Debaixo de garoa e do pano de protesto que acabou virando um grande guarda-chuva. Foi assim a passeata pelo Plano de Mobilidade Sustentável de São Paulo, que tomou conta da Avenida Paulista.

O protesto, que tem apoio do SWU, faz parte do dia global de ação Moving Planet, movimento mundial que reprime o uso de combustíveis fósseis. Neste sábado (24), os manifestantes percorreram 2,9 quilômetros para chamar a atenção da sociedade para uma questão importante: existem R$ 15 milhões previstos no orçamento deste ano para fazer um plano de mobilidade sustentável para São Paulo, que priorize o transporte público e de qualidade.

O dinheiro, porém, está parado. “Se ele não for utilizado até o fim do ano, toda a quantia será destinada para outro fim em 2012”, explicou Paula Collet, ativista da 350.org. Eduardo Britto, editor por Portal ZN Na Linha, fez questão de estar presente. “Nosso trânsito caótico é um dos dramas da cidade. Mobilidade sustentável é uma necessidade do cidadão em São Paulo e precisa estar entre as grandes prioridades”, avaliou. Para ele, o dinheiro que está sendo investido no Rodoanel, na serra da Cantareira, por exemplo, deveria ir para construção de mais linhas de metrô e corredores de ônibus.

Causa nobre

Convidada pelo Facebook, a empresária do ramo de turismo Célia Fajtlowicz, 56 anos, não costuma a participar de manifestações. Mas dessa vez, pegou sua bike e pedalou por uma situação melhor para os ciclistas em São Paulo, o que ela considera uma causa nobre. “Me incomoda o tanto de carro que tem nessa cidade. Gostaria de fazer tudo de bicicleta, mas para isso, eu preciso de um trânsito seguro”, disse ela, que torce para que o governo faça uma campanha para os ciclistas, nos moldes dos que são feitos em prol do pedestre.

“A passeata é uma forma lúdica de mostrarmos que a cidade pode ser ocupada também de outra maneira, sem ser pelos carros. Por isso, as bolhas de sabão, os cartazes e faixas”, disse Paula Collet. E no meio de tanta manifestação, sobrou espaço até para outras causas: tinha gente protestando também contra o desmatamento, o petróleo e a matança de baleias. Veja abaixo uma galeira com fotos da passeata pelo Plano de Mobilidade Sustentável de São Paulo:

This entry was posted in Sua Rotina. Bookmark the permalink.

3 comentários em Protesto pede que governo priorize plano de mobilidade sustentável em São Paulo

  • Therek

    outubro 4, 2011

    boooa

    Responder
  • fabio marcel

    fabio marcel

    setembro 26, 2011

    curti!!

    Responder
  • Eduardo Britto

    setembro 25, 2011

    Valeu a presença nesse evento, que mostrou a importância de termos MOBILIDADE SUSTENTÁVEL na cidade de São Paulo. Isso significa mais ciclovias, mais linhas de metrô, mais corredores de ônibus… e menos rodoanel na Cantareira.

    Responder

Deixe seu comentário