Laís Bodanzky

Laís Bodanzky não é uma diretora comum. A cineasta, que está confirmada para o 2º Fórum Global de Sustentabilidade, em novembro, na cidade de Paulínia (SP), tem uma filmografia marcada por obras que abordam questões sociais, fruto de sua própria emoção diante dos fatos em si.

Do premiado “Bicho de Sete Cabeças”, passando pelo documentário “Cine Mambembe – O cinema descobre o Brasil”, até o mais recente “As melhores coisas do mundo” (para citar alguns exemplos), a diretora mostra que “cinema sério” pode ser cinema bom!

E, ao lado do marido Luiz Bolognesi, Laís Bodanzky mantêm desde 2005 um projeto itinerante de exibição gratuita de filmes em diversas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro e Paraná: o “Cine Tela Brasil”.

O projeto conta com duas salas itinerantes que levam o cinema brasileiro de graça para comunidades de todo o país. O “Cine Tela Brasil” já percorreu 380 cidades, onde foram realizadas mais de 4.300 sessões, com um público total de 850 mil pessoas.

A mais recente dessas seções foi no final do mês de setembro, em parceria com o SWU, quando alguns dos moradores do bairro de Cidade Tiradentes, na zona leste de São Paulo, tiveram a oportunidade de ver um cinema pela primeira vez na vida!

“Desde 2004 o Cine Tela Brasil leva cinema gratuito para o interior de todo Brasil. Ainda este ano, esperamos cativar 145 mil novos espectadores. Hoje, esse número é alto, mas a iniciativa começou pequena, percorrendo o país de maneira quase artesanal. É neste ponto que nos identificamos com a proposta do SWU. Acredito que o primeiro passo para grandes mudanças é sempre dado pelas pessoas com consciência de que suas pequenas atitudes podem ter um propósito  maior”, disse Laís Bodanzky.

Além das sessões itinerantes, o Cine Tela Brasil propõe que o público passe de espectador a produtor. O projeto realiza oficinas audiovisuais nas comunidades carentes e disponibiliza o portal do Cine Tela Brasil (www.cinetelabrasil.com.br) para convidar os internautas a participar das Oficinas Virtuais,  nas  quais é possível conhecer todo o processo de produção de um filme até chegar  à sala de cinema.

Oficinas de roteiro, produção, direção, fotografia, trilha sonora, montagem, pós-produção e até de exibição fazem parte do conteúdo disponível gratuitamente ao visitante do portal. Tudo isso e muito mais será contado no 2º Fórum Global de Sustentabilidade! Nos vemos lá!

Compartilhar