Dia do Rock teve origem com Bob Geldof, palestrante do SWU 2011

Muita gente celebrou o Dia Internacional do Rock no último sábado, dia 13 de julho, mas poucos sabem como e por que esta data surgiu.

A data foi instituída a partir da realização do Live Aid, em 1985, nos estádios de Wembley, em Londres, na Inglaterra, e JFK, na Filadélfia, nos Estados Unidos. Simultaneamente também aconteceram shows na Austrália, Rússia e Japão. Organizado pelo cantor Bob Geldof (que palestrou no SWU Music & Arts Festival 2011), o festival tinha como principal objetivo angariar fundos para minimizar a fome de moradores da Etiópia.

Entre os ícones do rock que participaram do histórico evento estavam Queen, U2, Rolling Stones, Led Zeppelin, The Who, Black Sabbath, Paul McCartney, Run-DMC e David Bowie. Em Wembley, o evento reuniu cerca de 82 mil pessoas; na Filadélfia, o público foi maior, chegando a 99 mil. O Live Aid foi transmitido para mais de 100 países e data ganhou este marco para a posteridade: 13 de julho, o Dia do Rock

Semana do Rock

As celebrações, como shows e festivais que aconteceram por todo mundo no sábado passado, não ficarão restritas apenas à data. Na rua Oscar Freire, em São Paulo, por exemplo, a galeria Urban Arts expõe as 20 obras vencedoras do concurso Rock´n Posters, lançado em maio. Realizado em parceria com a plataforma It’s Noon (rede social de artistas e fãs de arte), a curadoria recebeu trabalhos de todo o Brasil que mostraram que rock também é arte. A exposição, que conta com imagens de vários ícones, como Elvis Presley, Pink Floyd, Jimmy Hendrix, Nirvana, Coldplay e Linkin Park, fica em cartaz até o dia 23 de julho e tem entrada gratuita.

This entry was posted in Arte, Música. Bookmark the permalink.

Deixe seu comentário