Ministro japonês defende que país continue caçando baleias e causa polêmica

O ministro da Agricultura e Pesca do Japão, Yoshimasa Hayashi, defendeu que o país mantenha a prática de pescar baleias e provocou indignação dos ambientalistas. Em entrevista à agência AFP, o político disse que a caça é cultural. “É uma longa tradição histórica. O Japão é uma ilha e pescar boas proteínas do oceano é importante para nossa alimentação. É muito importante para a segurança alimentar”, avaliou.

Para ele, as críticas internacionais contra a prática do país são ataques culturais, preconceitos contra a cultura nipônica. “Em alguns países come-se cachorro, na Coreia, por exemplo; na Austrália, come-se canguru. Nós não comemos estes animais, mas não pedimos para que estes países deixem de fazê-lo porque entendemos que isso faz parte de suas culturas. Então eu peço: ‘Por favor, entendam a nossa’.”

A declaração do ministro veio na mesma semana em que barcos da Sea Shepherd, uma organização ambiental que pede o fim da matança de baleias, se chocaram com navios baleeiros japoneses.

 

This entry was posted in Viva o planeta. Bookmark the permalink.

Deixe seu comentário