Neil Young vê solução para o planeta nas novas gerações: “Eu sou um homem velho e com maus hábitos”

“Começa com você. Para mim já está tarde. Eu sou um homem velho.” Foi dessa maneira, simples, direto e sem hipocrisia, que o músico e ativista Neil Young mostrou para a plateia do Theatro Municipal de Paulínia que a responsabilidade de salvar o planeta está com a nova geração. “Eu tenho maus hábitos. Quando eu era jovem, sustentabilidade não era uma preocupação. Então, não me escutem. Está na hora de cada um escutar o próprio coração e começar a pensar em soluções para o futuro do planeta”, disse.

Neil Young citou os Estados Unidos e Canadá como exemplos de países que investiram em combustíveis fósseis e elogiou o Brasil por buscar alternativas. “O etanol é uma coisa boa, mas não a solução. É preciso diversificar”, disse Young, que defende o uso de carros elétricos.

O músico ainda sugeriu pequenas mudanças aos participantes. “Quero dar a vocês duas dicas quando forem ao supermercado: prefiram produtos naturais e locais. Sempre que possível, apoie os produtores de seu próprio país”, avaliou.

Pássaros

Neil Young pontuou ainda que sentiu falta de pássaros no céu no caminho entre São Paulo e Paulínia. “Vi apenas cinco. Onde estão esses passarinhos? Eles não deveriam estar aqui?”, questionou o músico.

Mais conteúdo

Além de Neil Young, também participaram do Fórum Matthias Stausberg, que representou o Pacto Global da ONU, o professor e cientista israelense David Cahen, e o professor José Eli da Veiga. 

This entry was posted in Fórum Global de Sustentabilidade and tagged , , , , , , . Bookmark the permalink.

2 comentários em Neil Young vê solução para o planeta nas novas gerações: “Eu sou um homem velho e com maus hábitos”

  • CamilaBarish

    junho 15, 2012

    Foi dimais!!! Espero que os próximos seja assim também!

    Responder
  • adriana

    janeiro 18, 2012

    Eu adorei o primeiro dia do fórum. Foi emocionante ver o Neil Young ali, comentado e assistindo os demais convidados!

    Responder

Deixe seu comentário