Uísque poderá abastecer carros dentro de alguns anos


Quem poderia imaginar? Sabia que o bom e velho uísque escocês poderá em breve alimentar seu carro? Antes que comecem as piadinhas sobre carros de pileque, e por aí vai, bom, o papo é mesmo sério. Na Escócia, o uísque está sendo usado para o desenvolvimento de um novo biocombustível – e que poderá ser encontrado nos postos dentro de em alguns anos.

O processo parte da destilação do uísque, no qual grande quantidade de alguns subprodutos, retiradas anualmente dos alambiques, tem um grande potencial para gerar esse novo biocombustível, que poderá ser usado em carros convencionais, sem necessidade de adaptar os motores.

O método foi baseado num processo usado há cem anos para produção de butanol e acetona por meio da fermentação do açúcar. Ele foi adaptado por uma equipe de cientistas, que usou os subprodutos do uísque como ponto de partida.

Segundo professor Martin Tangney, que dirigiu o projeto, o uso dos resíduos produzidos na fabricação do uísque é mais sustentável em termos ambientais que as plantações destinadas à produção de biocombustível. Agora, já pensou um frentista perguntando a você no posto: “e aí, vai um uisquinho?”

This entry was posted in Acredite se quiser, Blog. Bookmark the permalink.